quinta-feira, março 01, 2007

Estou triste

Partiu a mãe de uma das minhas melhores amigas!

Tenho estado todo o dia a pensar no significado da vida, na felicidade e na maneira como eu própria vivo a minha vida.

Não sabemos quando será a nossa vez de partir, por isso devemos aproveitar ao máximo cada dia. Toda a gente o diz, mas será que o fazemos?!!

Quando esse meu dia chegar quero que, principalmente os meus filhos, me recordem com amor. Quero que me recordem como a mãe que brincou com eles, correu, amparou, ensinou... enfim, como a mãe que esteve sempre ao seu lado. Não como a mãe que raramente tinha tempo, a quem a desarrumação fazia tanta confusão e passava a vida a limpar, a mandar arrumar.... Será que vou conseguir? Oxalá que sim, este é um desafio que hoje me lanço a mim própria! Acho que vale a pena!

4 comentários:

raiodesol disse...

Tens noção que te vou lembrar disto da próxima x que levantares a voz :P

Cor de Mel disse...

Acho que o teu deafui vai ser difícil de vencer. Infelizmente o stress do dia a dia faz-nos esquecer rapidamente, essas promessas que fazemos a nós mesmas.
De qualquer forma... tens todo o meu apoio. Força aí!!!
Beijinhos, Lia.

alice disse...

Acho que a Lia tem razão, quando diz que nos esquecemos facilmente... temos que parar de vez em quando e lembrarmo-nos das pequenas coisas que nem sempre damos valor.
Beijinhos gordos
Alice

Margarida disse...

Olá Margaridices(adoro este nome).
A vida é feita de opções,
optar, fazer boas escolhas é este o caminho da harmonia e felicidade, educação.
Para quem tem filhos , eles são a 1ª opção.
Um dia mais tarde vais reconhecer isto.
Quem põe tudo em 1º lugar e os filhos a reboque ...
Penso que não é a melhor opção.
Gostei do teu texto
bjs da avó guida